TÉCNICA DE ENFERMAGEM SALVA BEBÊ NA BARREIRA SANITÁRIA DE PINHEIRO

8 de junho de 2020 0 Por blogh

A técnica de enfermagem Thaís Cecília, integra a equipe plantonista das barreiras sanitária, de controle do fluxo de pessoas que tentam acessar a zona urbana da cidade de Pinheiro, medida de combate a disseminação da Covid-19.
Diariamente várias pessoas passam pela barreira, tem que medir a temperatura e informar o local e residência, já que o acesso a cidade está restrito pelo decreto de n° 030/2020.

Acontece que uma mãe em desespero chegou até a barreira; com objetivo de levar seu filho recém-nascido ao hospital, ao ser questionada sobre o motivo a mãe explicou que a criança estava engasgada e não conseguia respirar, ao constatar a gravidade da situação a técnica de enfermagem Thaís Cecília realizou de imediato os primeiros socorros.

A técnica iniciou de imediato a manobra de heimlich, é uma técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia, provocada por um pedaço de comida ou qualquer tipo de corpo estranho que fique entalado nas vias respiratórias, impedindo a pessoa de respirar. Em bebês para executar esse tipo de socorro com segurança é necessário cuidado e atenção para não machucar a criança ou piorar a situação.

Em pouco tempo Thaís conseguiu desafogá-lo, para alívio dele e da mãe. O engasgo de bebês com o próprio leito materno é mais comum do que se pensa, é algo perigoso que pode levar a criança a morte ou a sequelas cerebrais por falta e oxigenação.

“Nós profissionais da saúde sabemos do perigo que um evento como esse representa, por isso eu sabia que devia agir com rapidez para evitar o pior. Fiquei muito feliz em ajudar em saber que consegui cumprir o meu papel, me sinto aliviada e orgulhosa. Que ele possa crescer saudável e ser muito feliz.” Disse Thaís Cecília, técnica responsável pelo atendimento.

O bebê que ainda não completou 1 mês de vida é filho da dona Renilda Vanessa Frazão Barbosa moradora o povoado Curitiba, a criança foi encaminhada para o Hospital Materno Infantil , onde foi atendida e passa bem, a manobra realizada por Thaís salvou sua vida. Ter profissionais qualificados faz a diferença.