PP: derrota de Waldir Maranhão deve repercutir em Pinheiro

29 de abril de 2016 0 Por blogh

luciano_genésioPré-candidato a prefeito de Pinheiro pelo PP, o suplente de deputado Luciano Genésio tem motivos para se preocupar depois de a Justiça haver mantido a decisão do diretório nacional da legenda de destituir do posto de presidente estadual o deputado federal Waldir Maranhão (reveja).

Genésio foi para o PP com garantias de que seria o candidato do partido em Pinheiro.

Ocorre que essas garantias foram dadas por Waldir Maranhão – a quem o suplente forneceu até advogado para patrocinar a ação contra a direção nacional.

Agora no comando, o também deputado federal André Fufuca não é lá tão próximo do pré-candidato. De outro lado, tem mostrado bom entrosamento com Victor Mendes (PSD), filho do atual prefeito, Filuca Mendes.

Nos bastidores, há quem diga que há um acordo entre os dois para que, em Pinheiro, o PP marche coligado com Filuca.

Seria uma “operação por cima”, como se diz no jargão político.

O que tem tirado o sono de Luciano Genésio.

Violência

Em rápida conversa com o titular do blog na manhã de ontem (28), na Assembleia Legislativa, o deputado Othelino Neto (PCdoB) confirmou que há mesmo em Pinheiro notícias de uma possível tomada do PP das mãos de Luciano Genésio, mas disse considerar uma “violência” uma ação nesse sentido.

“Embora esse seja um assunto interno do PP, eu entendo que seja uma violência tomar o partido do Luciano, prejudicando assim a sua possibilidade de ser candidato a prefeito de Pinheiro. Eu acho que a decisão sobre candidatura tem que ser dele e que em outubro o eleitor decida. Digo isso embora todo mundo saiba, seja público e notório, que meu projeto em Pinheiro é outro é o do médico Leonardo Sá”, comentou