POVOADO DE CURVA GRANDE EM SANTA HELENA RECEBE VISITA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

21 de julho de 2016 0 Por blogh
Equipe da Universidade Federal do Maranhão visita povoado de Cuva Grande

Melhorar a qualidade de vida, desenvolver a economia local criando novas fontes de renda através da piscicultura, é um sonho antigo dos moradores do povoado de Cuva Grande localizado no município de Santa Helena. Visando tornar esse sonho realidade o ex-líder da comunidade Paulo Henrique de Araújo, afastado por ser pré-candidato ao cargo de vereador no pleito deste ano, conhecido popularmente por Paulinho de cuva, procurou a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com o intuito de firmar parcerias, visando obter os conhecimentos necessários para torna essa ideia viável.

O Município de Santa Helena é conhecido por ter um grande potencial pesqueiro, o  Rio Turiaçu que banha a cidade é fonte de renda e alimento de muitas famílias, no entanto, esse potencial tem diminuído nos últimos anos, uma das causas relatada pelos moradores é a pesca indiscriminada realizada por comerciantes de peixe, que retiram grandes quantidades de pescado do rio sem qualquer medida sustentável que vise a manutenção do ecossistema do mesmo. A consequência disso esta sendo sentida pelas famílias ribeirinhas que dependem do rio para se alimentar, como relata dona Maria dos Pazeres:

Dona Maria dos Prazeres, moradora do povoado Cuva Grande.
Senhora Maria dos Prazeres

“A vinte anos atrás tinha muito peixe, não precisava tarrafear por que se saísse a noitinha e ligasse uma luzinha na canoa e saia andando caia peixe dentro […] aqui dava muito peixe, aqui essa parte aqui, se chama lagoa do Ananã, Aqui  tinha muito peixe,  vinha gente, amigos colegas para panhar o peixe fresco e levar pra comer, era só peixe grande, peixe bonito, agora não  tem nada. O que levou o rio a essa situação foi esse negócio de malhadeira, e não ter tempo pra pescar, todo tempo pesca, povo de fora invade muito, tanto panha pra venda como estrago e foi acabando destruindo a beira das margens ai corta os pau derruba tira a proteção do peixe. Antigamente era assim tipo uma reserva. E me sinto prejudicada. A ideia do Paulinho é maravilhosa demais, eu desejei muito isso aqui.”

Os técnicos da UFMA realizaram no sábado dia (16), uma visita ao local, para constatar a viabilidade do desenvolvimento dessa atividade na área. Estiveram nessa visita o ex-líder da comunidade Paulo Henrique de Araújo, o  Professor Doutor Dimas dos Reis, grande colaborador desse que será um possível novo projeto para o povoado, os professores: Yllana Ferreira Marinho, Engenheira de Pesca e Mestre em Recursos Pesqueiros e Aquicultura; o professor André Augusto Guimarães da Silva, Engenheiro de pesca e mestre em Recursos Pesqueiros e Aquicultura e o professor Rodrigo Savio Teixeira de Moura, Engenheiro de pesca e Mestre em ciência animal.

Durante a visita, conheceram diversos pontos do rio Tuiriaçu localizados no povoado de Cuva Grande e puderam fazer sua avaliação como relata o professor Rodrigo Savio Teixeira de Moura:

“Eu assim, pelo contato que a gente teve, tem um potencial muito grande é aquela coisa, não é explorado. Pela região o peixe esta muito presente na cultura local e tem muito coisa para ser explorado, então, acho que da pra usar sim e produzir bem essa questão do pescado aqui. A parceria da UFMA é importante por que é o objetivo da Universidade, pegar o conhecimento esse estudo e tudo isso aplicar na comunidade aplicar localmente a UFMA é daqui, aplicar aqui melhorar as condições de vida daqui. Então a gente enquanto engenheiro de pesca o que a gente pode fazer é exatamente isso, trazer mais pescado e pescado de qualidade para região.”

A ideia alegrou os moradores da comunidade que o diga o senhor José Vanderson que quando jovem assim como muitos, se viu obrigado a sair do município em busca de trabalho e melhoria de vida, e vê nessa ideia a oportunidade de crescimento local e de esperança para a juventude de um futuro melhor.

Jose vanderson0
Senhor José Vanderson

“Se tivesse um investimento aqui a juventude não precisava sair, a gente se preocupa com a população e as pessoas não se preocupam com a gente. Se acontecer esse sistema que queremos aqui, vai melhorar a situação da população. Na minha opinião o Paulinho esta certo, ele é nascido e criado aqui ele conhece a nossa necessidade.” Disse o senhor José.

20160716_104945
Comunidade e professores da UFMA discutem estratégias para implantação da piscicultura no povoado

O Paulo Henrique de Araujo acrescenta que, não medirá esforços para concretizar esse sonho da comunidade, por que ele enquanto morador do local sabe o quanto esse projeto é importante. “Eu sei que todos aqui estarão unidos para colocarmos isso em prática, porque o povo de Cuva Grande só precisa de incentivo e mais investimento e estamos lutando para isso, para que a minha comunidade prospere.” Finalizou.