‘MAIS RENDA’ AJUDA MARANHENSES A SUPERAR CRISE NACIONAL E GERA DESENVOLVIMENTO

4 de abril de 2017 0 Por blogh

Programa tem ajudado maranhenses a superar a crise nacional e melhorado a renda das famílias beneficiadas. Foto: Gilson Teixera/Secap

Investir em criatividade e iniciativas empreendedoras é, sem dúvida, uma grande alternativa para vencer a crise econômica que atinge o Brasil. É por isso que o Governo do Estado já beneficiou 400 comerciantes da área de alimentação por meio do Programa Estadual de Inclusão Socioprodutiva ‘Mais Renda’, oferecendo capacitação e equipamentos de trabalho como tendas e carrinhos de cachorro-quente, tapioca, churrasquinho e salgados.

A pequena empresária Vânia Celeste, de 53 anos, moradora do bairro Jordoa, em São Luís, é uma das beneficiárias do programa. Ela diz que antes do ‘Mais Renda’ vendia roupas, mas nunca conseguia obter lucro. Ao ingressar no programa, optou por receber uma tenda, mudou para área de alimentação e aprendeu a gerenciar o próprio negócio. Hoje ela trabalha próximo ao Estádio Castelão e já pensa em colocar os produtos à venda também na porta de casa, para ampliar os lucros.

“Eu vendia roupas, mas não tinha lucro nenhum, porque vendia e com o dinheiro comprava mais. Não sobrava nada. Depois que eu entrei no ‘Mais Renda’, eu decidi fazer bolos, pastel, cachorro quente, cocada. Cada vez eu penso um cardápio diferente e vendo muito bem. Hoje eu já sei calcular o preço para venda, tenho meu lucro e o recurso para reinvestir na compra do material. Tudo eu aprendi com a consultoria do ‘Mais Renda’. Para mim tem sido maravilhoso”, afirma.

Para Karlla Portela, de 41 anos, beneficiária do ‘Mais Renda’ que comercializa tapiocas recheadas e cachorro-quente no bairro Alto do Angelim, o ‘Mais Renda’ está garantindo o sustento da família. “Depois que meu marido perdeu o emprego, eu me vi na necessidade de fazer alguma coisa, mas era complicado conseguir emprego fora porque tenho dois filhos pequenos. Foi aí que eu procurei o ‘Mais Renda’. Eu já vendi na porta do meu condomínio, e, hoje, eu levo meu carrinho para a porta da igreja todos os domingos”, afirma. “Assim que diminuírem as chuvas, vou começar a vender em um local de maior movimentação aqui no bairro. Estamos esperançosos com a possibilidade de ampliar o nosso negócio”, completou.

O Programa

Iniciado em janeiro de 2016, o Programa ‘Mais Renda’ é executado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes) e incorpora um conjunto de estratégias e ações que visam encontrar formas inovadoras de incluir, socioprodutivamente, famílias em situação de vulnerabilidade social, em busca da emancipação financeira e da melhoria da qualidade de vida.

“No Maranhão, o Governo do Estado está combatendo as desigualdades em todas as áreas. Estamos testemunhando melhorias na qualidade de vida do cidadão maranhense todos os dias. Por meio do Programa ‘Mais Renda’, o beneficiário resgata sua dignidade, tendo mais fartura em sua mesa, acessando material de estudo de qualidade para seus filhos, além de adquirir autonomia e ser visto com outros olhos pela sociedade, como um profissional autônomo, mas acima de tudo empreendedor e gerador de renda na comunidade em que vive”, afirma Neto Evangelista, secretário de Estado do Desenvolvimento Social.

Consultoria

Todos os participantes do Programa ‘Mais Renda’ são incluídos em cursos de capacitação em segurança alimentar, empreendedorismo e gerenciamento de negócios. Também recebem durante um ano consultoria para o desenvolvimento gerencial do empreendimento e para a melhoria da qualidade de vida do empreendedor e da família.

A consultora Alessandra Gomes de Sá, que atua no ‘Mais Renda’ por meio de uma empresa, atende a dona Vânia Celeste. De acordo com a consultora, em quatro meses de acompanhamento já é possível perceber o desenvolvimento da comerciante, além da consciência gradativa em evoluir sempre.

Pela consultoria, os beneficiários recebem orientações sobre elaboração de plano de negócio, planejamento da produção de comercialização e marketing, como desenvolver ponto de venda, promoções e divulgações. A consultoria é individualizada, levando em consideração a realidade de cada comerciante, o custo de cada produto e os impactos positivos e negativos de cada empreendimento.

“O Programa ‘Mais Renda’ proporcionou para essas famílias o incentivo que elas precisavam. Os beneficiários que entendem o objetivo do Programa e trabalham com vontade e comprometimento com certeza estão obtendo êxito e usufruindo dos equipamentos e dos conhecimentos adquiridos para promoção de geração de renda para a família”, diz a consultora Alessandra Gomes.

Novas Inscrições 

Em 2017, o programa já está em processo de expansão e tem como meta atender 1.350 beneficiários, distribuídos na região metropolitana de São Luís, que inclui Alcântara, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, e mais 11 municípios: Timon, São Mateus, Caxias, Imperatriz, Açailândia, Codó, Araioses, Santo Amaro, Primeira Cruz, Água Doce e Colinas. Neste ano serão contempladas iniciativas na área da alimentação e beleza.

Para atender trabalhadores do comércio informal da região metropolitana, já foi lançado um novo edital, que vai selecionar 500 participantes. Os interessados devem se inscrever até o dia 31 de maio, no horário das 14h às 18h, na Sedes, que fica na Rua das Gardênias, Quadra 01, n. º 25, Jardim Renascença 2. Podem realizar o pré-agendamento e obter mais informações pelos telefones 99195-7688/ 99194-7983/ 98831-2037.

Para preencher o perfil e estar apto a participar do programa, o beneficiário precisa apresentar os documentos de Identidade, CPF, comprovante de residência, estar cadastrado no Cadastro Único, ter renda per capita de até meio salário mínimo e, no ramo da beleza, precisa apresentar comprovação de um curso de qualificação na área.