HOMEM É PRESO E CONTA DETALHES DO LATROCÍNIO QUE VITIMOU PAIS DO DEP. CLÉBER VERDE

18 de julho de 2020 0 Por blogh

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (17), um homem que confessou a participação no latrocínio dos pais do deputado federal Cléber Verde (Republicanos), em uma fazenda no município de Turiaçu, distante 154 km de São Luís. Segundo as informações da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e a Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), o homem de 19 anos confessou que estava no local do crime e contou detalhes do ataque aos idosos.

Segundo os policiais, o homem foi localizado no Araçagi, em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís, em companhia de uma mulher. A localização foi possível por conta de uma denúncia anônima. O casal estava em uma casa abandonada e teriam chegado na Ilha de São Luís na quinta-feira (16), vindo de Turiaçu, município do crime contra Graça Cordeiro Mendes e Jesuíno Verde.

O casal inicialmente disse aos policiais que eram de Cândido Mendes e não tinham conhecimento do crime e nem conheciam os envolvidos. No entanto, com informações checadas junto à policiais do interior do estado, foi confirmado que o homem de iniciais E.C.P, de 19 anos, é compadre de criminoso procurado por ter sido identificado pela polícia como participante do latrocínio.

Depois de ter ser confrontado com as informações sobre sua identificação pelos policiais, o homem confirmou que nasceu de fato em um povoado de Turiaçu e que foi convidado por Fabinho (Fábio Cardoso, morto em confronto com a polícia horas depois do crime). O convite foi para assaltar a fazenda Boa Vista. O grupo criminoso seguiu com quatro pessoas para o local.

O homem disse aos policiais que Fabinho “abordou a dona da casa, enquanto dois homens, que já aguardavam no local sob o comando de Fabinho, perseguiram e assassinaram a tiros o senhor Jesuíno, que estava em outra área do imóvel”.

O homem contou ainda aos policiais que Fabinho saiu do imóvel com uma arma de fogo, após matar a proprietária.

O homem foi preso por força de mandado de prisão, que foi expedido pela Comarca de Turiaçu. Em seguida, ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas, em São Luís. Os outros criminosos estão sendo procurados pela polícia.

O duplo homicídio

O crime aconteceu no fim da tarde dessa terça-feira (14). A mãe e o pai do deputado federal Cléber Verde (Republicanos) estavam sozinhos na fazenda em que moram, em Turiaçu, quando foram mortos.

Graça Cordeiro Mendes tinha 70 anos e foi morta dentro da fazenda com golpes de arma branca e pauladas. Já o pai do deputado, Jesuíno Cordeiro Mendes, foi morto a tiros e arma branca. O corpo dele foi encontrado na manhã desta quarta (15), em uma área de matagal.