Ex-aluno e professor da UFMA, Flávio Dino é homenageado durante comemoração dos 50 anos

23 de outubro de 2016 0 Por blogh

 

solenidade-do-jubileu-de-ouro-da-ufma-foto-gilson-teixeira_15-768x512

Governador Flávio Dino recebe a Medalha “Sousândrade” do Mérito Universitário, no Jubileu de Ouro da UFMA. Foto: Gilson Teixeira/Secap

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) completou 50 anos com a comemoração da Noite do Jubileu de Ouro nesta sexta-feira (21). Durante a solenidade, que ocorreu no Centro de Convenções do Campus do Bacanga, o governador Flávio Dino e mais 33 personalidades que contribuíram de forma significativa para o engrandecimento da Instituição foram condecorados com a Medalha ‘Sousândrade’ do Mérito Universitário.

A homenagem foi conferida a 34 personalidades – distribuídas entre servidores, ex-servidores, ex-reitores, ex-vice-reitores e profissionais que se destacaram em vários âmbitos sociais, educacionais e políticos do estado – que tenham trabalhado pela UFMA e que, ao longo de sua atuação, contribuíram na estruturação, funcionamento e projeção da mesma ao longo da sua existência, bem como aqueles que colaboraram para a educação e a cultura do Maranhão.

Emocionado com a condecoração, o governador Flávio Dino proferiu discurso repleto de saudosismo, dos tempos em que ingressou na UFMA como aluno, com apenas 17 anos, perpassando pelas atuações políticas dentro da universidade, até chegar às vivências como professor, cargo que ocupa há 23 anos. “Tenho a minha vida profundamente vinculada à UFMA”, pontuou.

De acordo com ele, completar o Jubileu de Ouro significa dizer que milhares de pessoas adquiriram conhecimento, melhoraram de vida e tiveram as suas formações profissionais na UFMA. “Para mim é muito importante, muito simbólico, poder transmitir em nome dos sete milhões de maranhenses os agradecimentos e as homenagens a toda a comunidade da UFMA”, enfatizou.

solenidade-do-jubileu-de-ouro-da-ufma-foto-gilson-teixeira_18-768x512

Governador durante fala na solenidade.

O governador reiterou ainda se sentir muito honrado em fazer parte da exitosa e vitoriosa história da UFMA. “Nesse momento de muita superficialidade, das relações sociais de um modo geral, é muito importante nós termos espaços de cultivo das coisas do espírito, da reflexão mais profunda, da ciência, da filosofia, do pensamento crítico. A universidade é tudo isso. Por isso é um aniversário que deve alegrar a todos os maranhenses”, enfatizou Flávio Dino.

A reitora da UFMA, Nair Portela, frisou que esses 50 anos da Instituição são marcados por uma trajetória de muito trabalho e conquistas. E, por isso, o Conselho Universitário decidiu fazer uma homenagem aos professores, técnicos e pessoas da comunidade que desempenharam papel relevante no âmbito da educação, saúde e cultura.

“E o governador, por ser ex-aluno dessa casa, por ser professor, estar trabalhando muito pelo Maranhão, com certeza tem uma grande contribuição ao estado e nós quisemos reconhecer esse trabalho e decidimos homenageá-lo nesta noite. É uma justa homenagem”, disse a reitora.