ESTUDANTES DO MARANHÃO CONQUISTAM MEDALHAS EM MUNDIAL DE ROBÔS NA CORÉIA DO SUL

19 de agosto de 2019 0 Por blogh

Uma equipe de estudantes maranhenses conquistou três medalhas em uma competição mundial de robôs realizada na Coréia do Sul. Luiz Felipe, Maurício da Cunha, Diego Leandro e Rafael da Costa são alunos do curso técnico em informática do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), unidade do Centro (São Luís), e competiram com outras 169 equipes de 22 países.

A equipe maranhense foi a única da América do Sul a conquistar medalhas na FIRA RoboWorldCup 2019, que é reconhecido com um grande festival mundial de robôs.

A competição aconteceu entre os dias 11 e 15 de agosto, na cidade de Changwon. Dentre os desafios estavam o uso de veículos voadores autônomos em cenários urbanos e de desastres; e até desenvolvimento de atletas-robôs.

De acordo com o coordenador de Robótica Educacional do IEMA, Fábio Aurélio, o instituto competiu em três modalidades, sendo medalhista de bronze na ‘DRC explorer’, no qual os competidores precisam construir robôs para passar por obstáculos, encontrar objetos e trazê-los para área demarcada.

Arena de competição da FIRA RoboWorldCup 2019, na Coréia do Sul — Foto: Divulgação/IEMA

Arena de competição da FIRA RoboWorldCup 2019, na Coréia do Sul — Foto: Divulgação/IEMA

Uma medalha de prata veio na ‘Missão Impossível’, que é a construção de um robô para transportar objetos cumprindo determinado circuito. A equipe também ganhou medalha de bronze modalidade sumô, no qual o robô precisa empurrar o robô oponente para fora da arena.

“Os meninos estão muito felizes, é uma felicidade muito grande, de fato. Essa é a maior competição de robótica do mundo. Essas colocações são fruto de muito trabalho. Nós passamos dois meses treinando no auditório da reitoria do Iema e, graças a Deus, estamos conseguindo levar essa premiação para o Brasil”, declarou Fábio Aurélio.

O estudante Luiz Felipe falou da felicidade do IEMA ter se superado na FIRA 2019 e Maurício da Cunha destacou a experiência de conhecer outras culturas e fazer amizades.

“Nossa participação aqui foi ótima, porque nós viemos competir em três modalidades e nas três nós subimos ao pódio. Foi sensacional”, disse Luiz.

“Está sendo uma coisa nova pra mim participar de algo dessa magnitude e foi muito legal porque nos deparamos com coisas novas, pessoas novas, isso foi bastante interessante tanto para o nosso aprendizado quanto para nossa vida”, afirmou Maurício.

A equipe maranhense está em viagem e deve chegar ao Maranhão nesta segunda-feira (19). Em 2018, o Iema já havia se classificado com o 3º lugar na competição e agora as atenções também estão voltadas para 2021, quando o Maranhão sediará pela primeira vez a Copa do Mundo de Robótica.