DR. LEONARDO SÁ, UM MÉDICO DE CONHECIMENTO CALA A BOCA DE PELEGOS DA SAÚDE.

25 de fevereiro de 2016 0 Por blogh

O Dr Leonardo Sá, foi injustamente criticado por pessoas da administração pública municipal, em especial da área da saúde, os mesmos que deveriam cuidar da saúde da população, pois são remunerados para isso, mais infelizmente o que vemos é uma saúde sucateada, o hospital Antenor Abreu, faltando as coisas mais básicas, inclusive o gás de cozinha para preparar o alimento dos pacientes, o materno Infantil, o CAP, os postos de saúde da sede e da zona rural, o laboratório de análises clínicas, tudo com problemas que vai desde da falta de siringa para aplicação de uma simples injeção, até o pagamento dos servidores que está sempre em atraso.

Todas as críticas direcionada a Dr Leonardo é por causa dessa foto.

leonardo sa

Veja agora a resposta de Dr Leonardo Sá:

A respeito dessa foto a qual eu apareço fazendo um procedimento simples e muito conhecido entre os verdadeiros médicos, que estudaram e sabem o que de fato é medicina, uma auscultação que se resume em escutar os sons internos em uma tentativa de verificar se algo de errado acontece no corpo humano, ou seja percussão método de exame clínico usado antigamente para diagnóstico de doenças do tórax . Pra quem não sabe, e que eu isso aprendi nos primórdios do meu tempo de faculdade, quem inventou termo técnico auscultação foi René Théophile Hyacinthe um médico francês, que salvou muitas vidas usando a técnica entre os anos 1781 e 1826 antes do mesmo inventar o estetoscópio enquanto trabalhava em um Hospital. Pra quem não entende de medicina ou para quem fez medicina e por algum motivo não aprendeu eu sugiro que leiam o livro publicado em agosto de 1819 por Laennec, um clássico da medicina Francesa já traduzido para o nosso português e muito utilizado nas faculdades quando se estudada historia da medicina, o livro se chama “De l’Auscultation Médiate” ou seja em português “A ausculta Mediate”. Essa foto foi tirada no Povoado Macapazinho município de Pinheiro em um dia que eu visitava aquela região, fui fazer a visita como um cidadão comum e não como médico, por isso não estava naquele momento com meu estetoscópio, porém como sou médico e fiz um juramento de manter o mais alto respeito pela vida humana, desde sua concepção, a mãe da criança veio me pedir para examina-la, e eu como medico cumpridor dos meus deveres examinei a criança que tinha um diagnóstico de bronquite a uns dias atrás segundo a mãe, por não estar com meus aparelhos, usei a antiga técnica de auscultação que na ocasião foi muito útil, e tanto a mãe da criança quando eu ficamos altamente satisfeitos, ela por ter seu filho examinado e eu por ter podido ajuda-la. Sugiro que deixe de falácias, e que cada um procure fazer com zelo seu trabalho assim como faço o meu. E afirmo, estou a disposição para ajudar qualquer ser humano que precise de mim, eu estando com meus aparelhos ou sem eles, pois fiz um juramento e pretendo cumpri-lo até que a morte me impeça. Obrigado a todos!