DR. LEONARDO SÁ CONCEDE ENTRVISTA AO PROGRAMA A HORA DA VERDADE E REAFIRMA SUA PRÉ-CANDIDATURA E FALA DA SITUAÇÃO DO MUNICÍPIO.

29 de fevereiro de 2016 0 Por blogh

programa

No programa A Hora da Verdade na rádio Pinheiro FM 103,3 do apresentador João Morais o convidado de hoje (29) para ser entrevistado foi o médico Leonardo Sá, o médico que está à frente do hospital regional Dr. Jackson Lago vem se destacando na politica e agora seu nome se tornou exemplo de boa gestão na área da saúde, ele que a cada dia mostra sua força politica e a simpatia da população reafirma que sua pré-candidatura a prefeitura de Pinheiro nas eleições de outubro próximo só está condicionada a vontade de Deus e do povo. Veja na íntegra a entrevista:

João Morais: Durante esse ultimo fim de semana no bom viver houve um grande trabalho desenvolvido pelo Dr. Leonardo Sá, ele atendeu várias pessoas nessa comunidade e na comunidade do Coco levando aos moradores carentes uma orientação médica, essas pessoas mais humildes que sofrem tanto a mercê desse sistema de saúde que o município precariamente disponibiliza para a população, e para falar sobre isso quem está conosco nos estúdios é o Dr. Leonardo Sá que vai conversar com a gente um pouco sobre esse projeto, boa tarde Dr. Leonardo.

Leonardo Sá: Boa tarde João, mais uma vez muito obrigado pelo convite, é um prazer imenso está aqui no seu programa, um programa de grande audiência e você está de parabéns porque leva a população de Pinheiro a verdade e a real situação do município, é um prazer imenso esta aqui com vocês.

João Morais: Dr. Leonardo Sá eu estava até afastado das redes sociais, estava sem telefone por conta daquele episodio que houve comigo que já foi noticiado aqui na rádio, eu estava um pouco afastado quando de repente, de surpresa eu vi esse seu trabalho, eu estive lá no bom viver, não pude estar no povoado Coco porque eu estava com a comunidade lá na comporta, lá na Vila Matias, ontem estava em Ponta Branca, então por conta disso não pude acompanhar até em Coco, mas vi as fotos e percebi que foi um trabalho bonito, muita gente, todo mundo contente, feliz, em Bom Viver fomos recebidos por uma equipe liderada pelo grande Riba do Bom Viver e em Coco está o vereador Albininho. Mas ai fica a pergunta no ar, algum cidadão pode estar se perguntando “Dr. Leonardo Sá esta fazendo isso porque é ano eleitoral”, ninguém nunca me perguntou isso, mas alguém, mas mesmo que fosse, o que os outros pré-candidatos estão fazendo, um está roubando o dinheiro da saúde, da educação, de todas as pastas, e o outro é falar mal da vida dos outros que é o que ele sabe, e você está desenvolvendo um trabalho voltado para o social, levando saúde para essas pessoas mais carentes. Então antes de tudo parabéns, mas o que está fazendo e motivando você para levar esse trabalho até as comunidades?

Leonardo Sá: João na verdade, esse trabalho que a gente vem fazendo levando esse atendimento até as pessoas mais carentes, na zona rural, na periferia da nossa cidade, esse atendimento na verdade não começou hoje, ele retomou hoje, a gente vem fazendo isso há mais de 10 anos, desde quanto chegamos no município, sempre priorizamos a saúde dessas pessoas mais carentes, lá no Bom Viver nós já perdemos foi as contas de quantas vezes já fizemos esse trabalho lá não é Riba? Então isso não é uma coisa de agora, isso ai é uma retomada desses atendimentos João, a gente sabe que a saúde publica ela é de responsabilidade do município, a prefeitura que deveria estar realizando essas ações, com os postos de saúde funcionando, eu estou muito feliz João com essas ações, com o resultado dessas atividades, de poder reencontrar amigos, mas também estou um pouco triste com a realidade do interior do nosso município, eu fui aqui no povoado Bom Viver visitei a escola, falar um pouco da infraestrutura, a escola João não tem nem janela, estão todas quebradas, eu acho que os alunos de Pinheiro vão voltar ao tempo das escolas de pau a pique, se você ver a escola está praticamente abandonada, é um povoado grande, polo, com acesso na beira da MA, praticamente dentro da cidade de Pinheiro, estive conversando com os pacientes e no posto de saúde não tem médicos a meses, então a carência na área da saúde é muito grande e esta assim em todas as áreas, vi de perto essa realidade no Bom Viver e percebi quais os anseios da população dessa comunidade para um novo governo, entendi o que o próximo gestor tem que fazer para melhorar a vida dessas pessoas dessa localidade e ao mesmo tempo levamos saúde, e saúde João ela não espera, você quando está doente não pode esperar para amanhã ou depois porque senão você morre, então a gente faz um papel, mesmo sem estar na prefeitura, a gente toma o papel que era da administração municipal e vai tentar ajudar a população e nesse trabalho a gente reencontra amigos e fiquei triste porque vi nessas duas localidades, nós fomos no sábado no Bom Viver e no domingo no Coco, vimos a mesma situação de abandono total por parte do prefeito, a estradas abandonadas, pontes totalmente abandonadas com a madeira tudo caindo, fomos lá na escola de serraria caixa d’água João abandonada, projeto que veio para construção de poços artesianos (João Morais: 58 poços artesianos) 58 poços… Batemos as fotos da caixa d’água lá abandonada com acumulo de água, criadouro de mosquito, que é o que está acontecendo lá, isso na escola a gente fotografou, então João a realidade é que o município está abandonado. Então ao mesmo tempo em que eu fico feliz por poder ajudar, por poder está mais perto das pessoas, reencontrar os amigos, fico triste também e extremamente preocupado com a situação do interior do nosso município, uma cidade grande, bonita e rica, mas que vive hoje um caos administrativo e a gente ver e viu isso de perto. No sábado no Bom Viver realizamos mais de 250 atendimentos e no povoado Coco mais 300 ver essas pessoas satisfeitas é o que nos motiva e nos alegra, então estou muito feliz em poder estar ajudando. Já nesse próximo fim de semana estaremos nos extremos do nosso município no sábado estaremos em Santa Sofia e no domingo vamos para o Paraíso e levando essa proposta e conhecendo a realidade da população, então o intuito é andar e levar algo de bom para essas pessoas e conhecer o que realmente essas comunidades precisam para quando, se Deus quiser, a gente assumir na próxima gestão a gente já saiba as necessidade de cada região.

João Morais: Dr. Leonardo quando você se refere à saúde você está tapando na realidade um buraco que deveria estar sendo, aliás, não deveria ter esse buraco porque isso é responsabilidade da prefeitura, mas isso tem se tornado uma prática comum, por exemplo, lá em Bom Viver e em outras comunidades quando queimam uma bomba a comunidade que tem que se juntar para arrecadar o dinheiro para mandarem arrumar esta bomba um outro exemplo desse péssima gestão são as ruas da cidade que para onde você vai o que observa é a população colocando resto de construção para tapar buracos, pedras, barro… Na época do Zé Arlindo a coruja que ai esta critica que os buracos eram tapados com concreto e hoje estão sendo tapado com barro, resto de construção porque nem isso ele está fazendo, agora mesmo eu terminei um serviço de três semanas nas ruas Guilherme do Brasil e Jeronimo Ramalho que juntas foram mais de 500 metros de rua lá no bairro da matriz, tapamos com concreto, então essa ação que estamos fazendo para amenizar esse trabalho, que pensamento você tem em relação a esse descaso dessa coruja velha?

Leonardo Sá: João na verdade a gente, como você bem salientou, nós estamos tentando minimizar os danos à população da administração caótica do atual prefeito Filuca Mendes. João se você anda nessa rua grande não se olha um recipiente para se colocar lixo, o lixo da população eles colocam pendurados nas arvores porque não tem um deposito de lixo em toda rua grande, aquele lixo fica ali ai vem um cachorro rasga a sacola espalha tudo pela rua ai vem o urubu e quando vemos a cidade está do jeito que está mal cuidada, as ruas de Pinheiro está só buraco João a infraestrutura do município esta muito ruim, não existe zelo, não existe vontade de melhorar, a cidade está suja, a coleta de lixo é insuficiente então a gente pode andar, você que está me escutando pode andar a rua grande e se achar uma lixeira publica tire e uma foto e me mande. (João Morais: tem outro detalhe, a rua grande de Pinheiro é um grande Shopping a céu aberto, então você tomou um sorvete, um picolé, uma embalagem não tem aonde colocar) ai sabe o que o prefeito diz? Que não colocar porque a população vai quebrar, ele não faz e colocar a culpa na população, a lixeira tem que estar ali para a população usar, se não tem o lixo fica pelo chão a cidade fica suja, as ruas estão esburacadas, os hospitais do município todo mundo sabe como estão salários atrasados, mas de quatro meses que estão atrasados na saúde… (João Morais: Dr. Leonardo só fazer uma interrupção rapidinho, eu estava conversando com uma funcionária eu perguntei – mas quantos meses estão atrasados? – ela disse assim: João Morais está uma confusão tão grande que nem eu sei mais, porque tem mês que a gente recebe um pedacinho, não se recebe nem o salario todo, eu não sei se falta quatro, cinco, três, então os funcionários nem sabem quanto tempo está atrasado tá uma confusão generalizada na saúde pelo amor de Deus) os Hospitais vivem nessa situação de salários atrasados João, quando entra no hospital não tem atendimento, quando tem médico não tem remédio e o município de Pinheiro recebe todo mês mais de R$ 1.200.000,00 que só pode ir para o bolso do prefeito, porque não tem outra explicação. Então a situação do município é essa quem tem os instrumentos é a prefeitura, você fazendo uma administração honesta, sem corrupção, uma administração austera você consegue levar e melhorar a situação da população, mas hoje essa é a situação do município, João nós estamos andando e vamos andar todo o município de Pinheiro os polos pra conhecer, eu já conheço muito nosso município, mas eu quero conhecer pela população quais são os reais problemas desta cidade. Esses atendimentos eles são muitos importantes, lá no bom viver ele me confessaram que estão mais de três meses sem atendimento médico, nós inauguramos o hospital de alta complexidade e já vive lotado todo tempo, ninguém não quer mais ir para os hospitais do município porque lá não tem nada, você adentra no hospital do município e lá não tem nada, é essa situação do nosso município, eu estive conversando com uns colegas e lá esta funcionando assim eles pagam um pedaço do salario do médico o restante fica para o mês seguinte, qual o profissional que vai trabalhar nessa condição? Mais de 4 meses atrasados e as despesas desse profissional e sua família?

João Morais: verdade! Leonardo eu quero aproveitar o momento para perguntar para você qual a sua opinião como médico e como cidadão preocupado com nosso município hoje no Brasil é falar de dengue do Aedes aegypti uma pesquisa que trata do mosquito em sua fase adulta aonde é que eles ficam? As pessoas se preocupam com água e esquecem do lixo que é aonde o mosquito adulto fica, e se sabe que em Pinheiro é uma sujeira só, inclusive o próprio prefeito fez os criatórios ai na praça colocando vários pneus, no parque do babaçu e na APA, deixando água exposta para os mosquitos se reproduzirem, a praça do João Castelo está uma piscina e até em frente ao Hospital Dr. Jackson lago ele cavou uma vala, você na qualidade de médico qual a sua opinião sobre isso?

Leonardo Sá: aqui em Pinheiro esta acontecendo o seguinte: ele (a prefeitura) é que estimula a disseminação da criação mosquito aumentando os índices dessas doenças que são transmitidas por esse mosquito, ai aumenta as doenças, aumenta as despesas, aumenta as sequelas, aumenta os problemas com gestantes então gera todo um ciclo de mau desenvolvimento, ciclo de mazela em nosso município.

João Morais: Dr. Leonardo vamos falar agora de politica, todo dia um fala uma coisa outro fala outra coisa, você é pré-candidato a prefeito de Pinheiro de uma vez por todas para esse bando de babacas pararem de estar falando besteira?

Leonardo Sá: (risos) João a gente tem um projeto, esse projeto hoje não é só meu é do grupo, é do partido, partido do governador Flavio Dino do PCdoB é um projeto partidário nós temos um grupo politico e eu me lancei como pré-candidato desde aquele primeiro pronunciamento, depois das eleições de deputado federal na câmara municipal, e de lá pra cá a gente vem nessa linha de mostrar a população de que existe uma alternativa viável para nosso município, quem está no poder está péssimo, quem já passou não soube aproveitar as chances que teve e a gente hoje coloca a disposição da população um projeto viável, um projeto com apoio politico, um projeto que tem partidos políticos envolvidos, que nasceu da comunidade e que a população aceita, e eu tenho certeza que nós vamos João, apesar das mentiras, das perseguições, eu tenho certeza que nós vamos conseguir chegar ao nosso intuito que é de levar um projeto novo, mostrar pra cidade que Pinheiro merece dias melhores e a população de Pinheiro não pode continuar na situação que se encontra hoje.

João Morais: então a sua pré-candidatura a prefeito e não a vice-prefeito não existe vice…?

Leonardo Sá: não! Eu sou candidato a prefeito de Pinheiro e isso que a gente vai seguir e isso que a gente vai levar até o fim.

João Morais: isso é uma determinação do partido, do governador ?

Leonardo Sá: isso, exatamente. Quando eu sair do PDT para vir para o PCdoB não foi para ser candidato à vice, eu sou pré-candidato a prefeito do nosso município e sempre fui. Estou subindo nas pesquisas, sou o único pré-candidato que subiu nas pesquisas, sou o que tem a menor rejeição, segundo a pesquisa venceria os principais candidatos em confronto direto se as eleições fossem hoje, com o atual prefeito a gente tem cerca de 60% das intenções de votos, com o outro candidato também venceríamos com 45%, cresci e tenho a menor rejeição, nós temos grupo politico, temos apoio partidário, nós vamos ter uma grande frente partidária e teremos um grande tempo de tv para mostrarmos nossas propostas, tivemos uma excelente votação para deputado federal, fui o vereador mais votado nas ultimas eleições municipais, então nossa pré-candidatura a prefeito ela não é assim: a não sei quem criou a candidatura, uma candidatura nessas proporções não é criada por A ou por B isso é um projeto que está sendo construído, eu já tive dois mandatos a vereador, sou suplente de deputado federal e sou pré-candidato a prefeito de nossa cidade, esse é um nosso projeto ao longo do tempo, João é tem uma coisa que quando a gente ama o município em todo lugar que se chega somos bem recebidos, conheço as pessoas, conheço nossa realidade e tenho certeza que estou preparado, me sinto preparado para colocar meu nome a disposição da população e estou preparado para fazer uma excelente administração.

João Morais: Dr. Leonardo o que a gente tem percebido que a nossa população precisava dessa terceira via, precisamos de um projeto novo, já estamos cansados de um lado só sabem comprar votos e do outro só sabem vender votos, de um lado temos esse ai que é corrupção e do outro só sabe esculhambar, ai quando chega perto da eleição se vende e ai quem continua comandando é quem tem dinheiro, você se acha essa nova opção, essa terceira via, novo projeto assim como Flávio Dino foi um novo projeto para o Maranhão?

Leonardo Sá: João tudo isso que é apresentado a Pinheiro com o discurso de mudança, não é mudar o gestor simplesmente, você que esta me escutando, não adianta mudar o prefeito e as praticas continuarem as mesmas, você tem que mudar a forma de governar, as praticas de nosso município, João nós não podemos passar por outra administração do atual prefeito, a população de Pinheiro está vendo o que está acontecendo na prefeitura, então não é só mudar, nós temos que mudar o jeito de governar, usar a prefeitura não para enriquecer como o atual prefeito faz, não para desviar dinheiro da prefeitura para eleger o filho, eleger um parente e nem para enriquecer a sua família, nós temos que fazer o contrário, nós temos que pegar a estrutura da prefeitura para enriquecer o município, para melhorar a vida das pessoas, os mais carentes, isso é mudar o jeito de governar, e quando chegar a época da eleição mentir e comprar votos com o próprio dinheiro da prefeitura, quero ser um prefeito diferente, eu quero trazer desenvolvimento para esta cidade, João nós tivemos uma grande luta para trazer esse hospital para o município de Pinheiro, João você conhece esse hospital, é organizado administrativamente e compare com a bagunça que é o Antenor Abreu, é muito grande a diferença, e esse mesmo modelo eu quero implantar na saúde de Pinheiro, você vai hoje nos órgãos públicos de Pinheiro é um caos João, ta tudo parado, não existe administração publica, o que é que o prefeito diz? Vai chegar a época da eleição, xinga todo mundo coloca a culpa na oposição e diz que a culpa dele não estar trabalhando a culpa é da oposição e olha que ele já esta quase 20 anos na prefeitura e a culpa continua sendo da oposição e ainda diz que toda oposição é corrupta e ele que é santo. Você que esta me escutando agora analise a sua rua, a saúde, a educação e faça uma reflexão e veja se é esse modelo que a população de Pinheiro merece ou se você quer que nossa cidade se desenvolva, cresça, e esse que queremos fazer. Eu quero mostrar para a população na hora correta planejamento administrativo, trabalhar para quem mais precisa, organizar a infraestrutura do nosso município, limpar a cidade, vamos começar do zero, desde uma lixeira na rua, vamos começar do zero, precisamos colocar médico no posto de saúde, colocar remédio, precisamos construir estradas, poços, escolas, tem muito trabalho por fazer.

João Morais: ok! Eu quero agradecer penhoradamente a sua entrevista, mas o programa esta sempre ai a sua disposição, você deveria estar aqui toda semana até pra rebater que todo dia é uma fofoca, todo dia é uma fofoca, nas suas considerações finais eu queria que você reafirmasse essa programação do fim de semana, e quero te parabenizar pelo inúmero de pessoas que estão sendo atendidas por esse seu projeto.

Leonardo Sá: mentiras, difamações, fofocas nada vai nos tirar de nosso objetivo, apenas Deus e o povo pode nos fazer desistir de nosso projeto, então não adianta ameaçar porque eu não tenho medo, não adianta porque eu vou continuar fazendo meu trabalho. Mas esse próximo final de semana vamos para Santa Sofia no sábado e no domingo para o Paraíso, quero de já convidar a todos para estarem conosco nesses dias, nessas localidades para uma ação forte, voluntaria e participativa. Muito obrigado!