BRASIL PODE RECEBER TESTES DE MAIS UMA VACINA CONTRA A COVID-19

15 de julho de 2020 0 Por blogh

O Brasil pode receber testes de mais uma vacina contra o novo coronavírus, a desenvolvida pela empresa chinesa CanSino Biologics. A informação é da agência de notícia Reuters.

Além do país, Rússia, Chile e Arábia Saudita também estão no radar para os testes da Fase III, segundo informou o co-fundador da empresa nesse sábado (11), Qiu Dongxu, em uma conferência em Suzhou, na China. Ele não informou quando os testes começariam se, de fato, isso ocorrer.

Em maio, um estudo publicado pela revista científica Lancet apontou que a vacina produzida pela farmacêutica chinesa CanSino era a primeira segura e eficaz contra o coronnavírus.

A vacina desenvolvida pela empresa CanSino Biologics e pelo Instituto de Biotecnologia de Beijing recebeu, no fim de junho, aprovação para uso limitado em militares chineses, pelo período de um ano.

A imunização da CanSino usa um adenovírus como vetor, em abordagem similar à que empresa havia empregado no desenvolvimento de uma vacina contra o ebola.

Basicamente, o adenovírus geneticamente modificado carrega o material genético que contém o código para produzir a proteína S (de “spike” ou espícula, gancho molecular usado pelo Sars-CoV-2 para se ligar a células humanas).

Com isso, os pesquisadores esperam que se inicie a produção da proteína S, o que deverá desencadear uma reação de defesa do organismo que produza anticorpos.

Os vírus conseguem “entregar” ativamente a informação genética da imunização, o que, em tese, pode ser mais eficaz do que o material genético “solto” (o que ocorre em vacinas de RNA, por exemplo). Por outro lado, há mais riscos de efeitos colaterais.