DR. LEONARDO SÁ REBATE FALSAS NOTICIAS QUE CIRCULAM SOBRE SEU AFASTAMENTO DA CÂMARA E SOBRE SUA PRÉ-CANDIDATURA

12 de novembro de 2015 0 Por blogh

Há um ditado muito popular que diz que só se joga pedra em árvore que dá fruto, nas redes sociais e principalmente em blogs mantidos com dinheiro público vincula-se um factoide tentando diminuir a candidatura do médico Dr. Leonardo Sá à prefeitura de Pinheiro agora em 2016. O fato é que não existe nenhum dispositivo legal que impossibilite a sua candidatura que a cada dia ganha mais adesões e isso vem tirando o sono de partidários da situação, motivando-os a fazerem suposições levianas com o único objetivo de prejudicar o pré-candidato Leonardo Sá.

Dr. Leonardo durante discurso do lançamento do programa Mais Asfalto

Em entrevista ao blog Dr. Leonardo Sá reafirmou sua pré-candidatura e falou sobre as publicações:

“todo mundo sabe que eu tenho duas atividades na minha vida profissional, sou médico e exerço a atividade politica, eu me dedico a essas duas atividades com a importância que as duas têm. Gosto das duas coisas por suas similaridades na possibilidade que eu tenho de poder ajudar as pessoas, a população de Pinheiro, melhorar a vida do próximo, na medicina você ajuda uma pessoa a se curar de um determinado problema, e na politica você ajuda a melhorar a saúde de toda a população então eu procuro ajustar e procuro caminhar com essas duas atividades dando a mesma importância para ambas. Me afastei da câmara exatamente porque não é minha intenção, mesmo que isso fosse legalmente possível, acumular duas funções publicas, agora eu estou como diretor do hospital e pela Constituição não posso acumular com o cargo de vereador por isso o afastamento, ai as pessoas mal intencionadas utilizam disso para tentar julgar meu caráter, tentando passar a imagem de que eu quero ocupar dois cargos, isso não é verdade, repito! Mesmo que fosse legalmente possível, não é minha intenção. Quem assume a vaga com o meu afastamento é o primeiro suplente, que neste caso, nossa coligação tem o Albininho que pela votação expressiva que teve, detêm a diplomação como primeiro suplente, caso ele não assuma na câmara acionaremos a justiça para que julgue o mérito e reconduza o Albininho como primeiro suplente para que este venha a assumir”. Afirmou.

Dr. Leonardo Sá em entrevista a Rádio Pinheiro FM no programa A hora da Verdade em companhia do dep. Othelino Neto

Dr. Leonardo Sá em entrevista a Rádio Pinheiro FM no programa A hora da Verdade em companhia do dep. Othelino Neto

Após a conversa com o Dr. Leonardo Sá a equipe de redação do blog A Hora da Verdade realizou uma simples pesquisa no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e pôde constatar, assim como qualquer eleitor, os verdadeiros dados que depõe contra os argumentos infundados que circulam nas redes sociais, desmentindo assim todos os factoides criados onde afirmam que o prazo seria de 6 meses antes das eleições, pois a verdade é que o prazo de desincompatibilização, no caso do médico pré-candidato a prefeito é de 3 meses antes das eleições de outubro de 2016. (consta em anexo na imagem abaixo. O grifo é nosso).

Clique na foto para ampliar.

tse

Por Samya Lourena