DO CAOS AO SUCESSO: LUCIANO GENÉSIO CONSEGUIU TRANSFORMAR A SAÚDE DE PINHEIRO EM 3 ANOS DE GESTÃO

27 de julho de 2020 0 Por blogh

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), teve nos últimos anos muito trabalho para organizar a casa. Um dos principais problemas enfrentados foi a triste situação da Saúde no município, sucateada pela Gestão passada. A situação foi de calamidade.

Os maiores problemas estavam no Hospital Regional Dr. Antenor Abreu, Materno Infantil e Samu, todos sem a menor condição de funcionamento. A população que precisa do atendimento sofria com a falta de estrutura, medicamentos e até médicos.

No Hospital Regional Dr.Antenor Abreu, por exemplo, era precária a estrutura física oferecida aos pacientes, que buscavam pelo atendimento de urgência/emergência. As macas velhas e enferrujadas, colchões danificados e ainda estavam sem a devida cobertura como pede o protocolo do Ministério da Saúde.

No setor de laboratório, exames mais básicos não estavam disponíveis, como os de hemograma por exemplo. No Setor de Raio-X, apenas uma máquina oferecia o serviço mais básico, porém, a estrutura física não tinha segurança ao profissional que executava tais procedimentos, nem aos pacientes que necessitavam daquela imagem para fins de diagnóstico médico. Vale ressaltar que o exame de Raio-X é um exame perigoso por causa da radiação e os pacientes não tinham o mínimo de proteção necessária.

No materno infantil a estrutura antiga e em situação de abandono apresentava goteiras com invasão constante da água das chuvas. O forro caindo aos pedaços, macas velhas e enferrujadas, banheiros impróprios para uso, portas e janelas caindo aos pedaços.

Para quem precisava de atendimento em casa ou vítimas de um acidente na rua, o Samu de Pinheiro, demorou um pouco para prestar o socorro. Com a estrutura física que estava comprometida e apenas uma ambulância funcionando, das cinco, o atendimento muitas vezes sequer poderia ser realizado.

“Das 5 cinco ambulâncias existentes no Município, apenas 1 uma funcionava. A ambulância USA (Unidade de Suporte Avançado) estava totalmente parada com o motor batido. As outras ambulâncias que não estavam rodando, precisavam de manutenção e compra de novos equipamentos para que voltassem a circular na cidade. A única UBS (Unidade de Suporte Básico) que estava rodando, não tinha nem o material mais básico para prestar um devido atendimento em caso de um acidente grave”, denunciou um morador.

Um problema grande, que Luciano teve que administrar e conseguiu com sucesso resolver. Hoje o Hospital Materno Infantil reformado e reorganizado, oferece um atendimento elogiado por todos, Pinheiro se tornou referência em atendimento pediátrico na baixada. O lançamento do programa Alô bebê transformou o suporte de saúde às gestantes do município.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU hoje opera com rapidez. Pinheiro possui unidades de suporte básico e avançado, além disso, foi implantado o Núcleo de Educação Permanente-NEP, que possibilita que a equipe de profissionais do SAMU mensalmente recebam treinamento, mantendo-os atualizados, o que tem melhorado ainda mais a qualidade do serviço.

O Hospital Regional Dr. Antenor Abreu pela primeria vez possui Unidade de Tratamento Intensivo-UTI e Unidade de Cuidados Intensivos – UCI, opera com padrão de capital. Suas dependências nada mais lembra a triste realidade de outras gestões, hoje o atendimento dispensado a população é rápido e humanizado, o cuidado com a população é notório. Ainda estamos enfrentando uma crise sanitária sem precedentes e Pinheiro tem obtido bons resultados de seus protocolos de atendimento.

Lucino é um prefeito diferente, que desenvolveu uma gestão voltado para o bem estar da população pinheirense, seus resultados têm sido observados, por esse motivo tem sido destaque nos cenário político maranhense, por estar construindo uma nova política, uma administração de uma nova história.