COM A ELEIÇÃO DE GOVERNADOR PRATICAMENTE DEFINIDA, AS ATENÇÕES SE VOLTAM PARA O SENADO

Com a eleição para o Governo do Maranhão praticamente definida em favor do governador Flávio Dino (PCdoB), as atenções se voltam nesta reta final para as duas cadeiras em disputa no Senado. Todas as pesquisas já realizadas até agora mostram um cenário embolado entre quatro candidatos, apenas com um leve favoritismo para Weverton Rocha (PST) e Eliziane Gama (PPS).

Em situação mais cômoda por conta da liderança em todas as sondagens de intenção de voto, o governador Flávio Dino tem usado suas inserções no rádio e na televisão para pedir votos para seus candidatos ao Senado e alertar aos eleitores que irá precisar deles em Brasília para ajuda-lo a conseguir recursos para o Estado, algo que atual representação não faz.

Eliziane Gama e Weverton Rocha, diante da possibilidade de se elegerem passaram a pedir voto um para o outro, algo que não ocorre na coligação da ex-governadora Roseana Sarney onde o senador Edison Lobão e o deputado Sarney Filho travam uma guerra nos bastidores da campanha diante da constatação de que existe a possibilidade de eleger apenas um deles.

O quatro é muito difícil para uma avaliação mais precisa por conta das dobradinhas de ocasião entre candidatos adversários. Existem lugares onde o prefeito apoia Weverton Rocha e Sarney Filho, ou Weverton e Lobão, o mesmo ocorrendo com Eliziane que está sendo votada em alguns lugares com Lobão ou Sarney Filho. E ainda tem Zé Reinaldo que está sendo votado com todos eles e ainda pode surpreender.

Alexandre Almeida, o segundo candidato dos tucanos, não conseguiu sensibilizar com campanha do novo contra o velho e, pelo visto, está sem a menor chance de chegar na frente dos demais, conforme indicam todas as pesquisas já divulgadas até o momento.

Comente