MORRE EPITÁCIO CAFETEIRA, EX-GOVERNADOR DO MARANHÃO, AOS 93 ANOS

O ex-governador e senador do Maranhão, Epitácio Cafeteira, morreu no fim da tarde deste domingo, em casa, em Brasília. Aos 93 anos, ele estava internado em sua casa, por causa do delicado estado de saúde.

A informação foi confirmada através de nota do deputado estadual Rogério Cafeteira (DEM), sobrinho do ex-governador. Cafeteira deixa viúva a esposa Isabel. Durante a vida política, também foi prefeito de São Luís, além de senador e deputado federal do Maranhão.

O corpo do Epitácio Cafeteira será velado na Assembleia Legislativa do Maranhão, em São Luís. Em nota, o governador do Maranhão Flávio Dino (PC do B) se solidarizou com a família e decretou luto oficial.

Trajetória política

Nascido em João Pessoa, na Paraíba, Epitácio Cafeteira Afonso Pereira era filho de José Justino Pereira do Café e Eudóxia Afonso Pereira. A carreira política no Maranhão começou em 1962, quando foi eleito suplente de deputado federal pelo PR, chegando a exercer o cargo. Em 1965 foi eleito prefeito de São Luís e posteriormente ingressou no MDB. Foi prefeito da capital maranhense até 1969.

Ex-governador do Maranhão, Epitácio Cafeteira morre em Brasília (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Ex-governador do Maranhão, Epitácio Cafeteira morre em Brasília (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Em 1970 concorreu ao Senado pela primeira vez, mas foi derrotado. Em 1972, Epitácio Cafeteira foi eleito pela primeira vez como deputado federal em 1972 e reeleito em 1978 e 1982. Em 1986, Cafeteira foi eleito como Governador do Maranhão, com mais de 80% dos votos válidos.

Em 1990 renunciou ao Governo do Maranhão e foi eleito para o Senado Federal. Epitácio Cafeterira exerceu o cargo de senador com dois mandados, entre 1º de fevereiro de 1991 e 1º de fevereiro de 1999 e 1º de fevereiro de 2007 a 1º de fevereiro de 2015.

Comente